RISC, Práticas em negócios

Como maximizar resultado e reduzir custos nas operações de importação e exportação?

2016-06-16 15:30:53

Qualquer empresa brasileira que opera no mercado de comércio exterior, nas operações de importação e exportação, precisa aplicar meios práticos de controlar seus custos e maximizar seus ganhos, focando e controlando os pontos das operações abaixo:

IMPORTAÇÃO

As operações de importação têm os seguintes fluxos obrigatórios para serem bem sucedidos:

- Pesquisa e negociação de preço com o fornecedor para compra de produto da sua necessidade (Preço - Qualidade - MOQ - Prazo - Garantia);

- Pedido de compra ao fornecedor, prazo, condição de pagamento e forma de entrega (Fluxo de Caixa – Transporte - Logística - Tributação - Alfândega);

- Nacionalização do produto e pagamento ao fornecedor (Provisão de contas a pagar, aproveitamento da "mais valia" cambial e pagamento das despesas para nacionalização);

- Estrutura do produto, entrada do produto na empresa, controle de estoque e saída (Gestão estrutural da família do produto e turn-over do estoque);

- Formação de preço, estrutura tributária e condição de venda (análise de benefícios tributários e alternativas para forma de pagamento);

Se a controladoria da empresa adotar uma metodologia estabelecendo padrão de controle para as etapas acima, padronizaria o impacto de custos e despesas, estabelecendo metas para cada fase da operação, onde o negócio na importação pode ser altamente positivo e saudável, apesar das variações cambiais que o país sofre de forma recorrente.

EXPORTAÇÃO

Nas operações de exportação, a empresa necessita aplicar os seguintes fluxos obrigatórios para ser bem sucedida:

- Estabelecer uma estrutura de família de produto específico para o mercado de exportação, para focar e potencializar cada necessidade (atender exigência legal de cada pais e apelo do mercado);

- Analisar a cadeia logística revisando periodicamente a gestão da embalagem buscando otimizar a capacidade de transporte e movimentação e melhorando custo com a padronização, facilitando a movimentação em todas a cadeia com segurança;

- Estudar com seu cliente MOQ ideal que possa melhorar sua condição produtiva e para logística de transporte, que permita beneficiar toda a cadeia operacional;

- Avaliar as condições de pagamento e buscar alternativas que possa viabilizar e maximizar os recursos financeiros para a empresa, sem prejudicar a performance do cliente;

- Analisar e aplicar a "curva da mais valia" cambial em recebimento e pagamento, aproveitando-se das flutuações cambiais que é recorrente no Brasil;

Se você é responsável pela gestão de importação ou exportação na empresa, podemos ajudá-lo na implantação dessa cultura e na padronização do controle que listamos acima para tornar suas operações altamente produtiva e eficaz no resultado do seu negócio.

Entre em contato e venha constatar essa oportunidade.

Tadashi Yamashita
Consultor RISC



Voltar