RISC, Práticas em negócios

Você está feliz com o atendimento que recebe?

2016-09-08 13:09:36


Ouvir mais e falar menos, observar e registrar detalhadamente os pontos mencionados pelo cliente, e se manter concentrado, capaz de aumentar a sensibilidade e percepção da mensagem que está sendo transmitida. Propiciar um ambiente onde o cliente se sinta confortável. Demonstrar firmeza nas colocações e afirmações para transmitir segurança e assertividade, mas sem ser agressivo. Lembrar sempre que está falando em nome da empresa, nunca ir além dos limites e nunca prometer o que está fora das políticas, e que, obviamente, não poderá ser cumprido.

O cliente sempre espera que estejamos um passo à frente, logo, proatividade gera uma relação de confiança. Atenção aos aspectos culturais e respeitar individualidades. Não haverá uma segunda chance de causar uma boa impressão, e é durante um atendimento que podemos gerar uma percepção positiva ou negativa, seja da empresa ou até mesmo pessoal.

Bem, até aí nada novo. Então, por que ainda existem tantas empresas que ignoram o básico no atendimento ao cliente? Por que ainda precisamos esperar tanto ao telefone para que algum ser humano responda do outro lado da linha? Por que ainda existem tantos atendimentos robotizados, mesmo quando existe a figura do agente de atendimento?

Grana curta, cliente ainda mais exigente e criterioso, conectividade favorecendo a disseminação das boas práticas e das ruins também.

E você, está feliz com o atendimento que têm recebido das empresas? Já parou para pensar que seus clientes talvez estejam se sentindo da mesma forma? Reveja as suas relações e faça a sua proposta de valor valer à pena para os clientes. A RISC pode ajudar você a repensar essa proposta. Fale conosco.

Leticia Lago
Consultora RISC



Voltar